CONSTRUÇÕES CORRELATAS ADITIVAS NO SÉCULO XVIII: UM ESTUDO FUNCIONAL CENTRADO NO USO

Brenda da Silva Souza

Resumo


Este trabalho pretende mostrar os primeiros resultados de um projeto de Iniciação Científica em andamento, que se desenvolve no âmbito do Grupo de Pesquisa Conectivos e Conexão de Orações (CCO). O intuito desta pesquisa é investigar as construções correlatas aditivas do tipo não só... mas também, no século XVIII. Nossa hipótese é de que a correlação aditiva se distingue da coordenação aditiva tanto sintática, quanto semanticamente, conforme aponta Rosário (2012), e, por isso, deve ser analisada como uma ocorrência linguística distinta. Apoiamo-nos na corrente teórica denominada Linguística Funcional Centrada no Uso (LFCU). A LFCU analisa os diferentes usos linguísticos a partir da perspectiva de construções, isto é, representações que, de acordo com Goldberg (1995), estabelecem-se pelo pareamento entre forma e sentido, e defende uma estreita relação entre gramática e discurso. Nosso corpus de análise reúne extratos textuais de livros publicados em português brasileiro e europeu extraídos do site brasiliana.usp.br. Na metodologia adotada, levamos em consideração fatores tanto de natureza cognitiva, como pragmático-discursivos, fazendo uma análise prioritariamente qualitativa, mas com o suporte quantitativo. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.