Uma história da Saúde Mental e Psiquiatria Comunitária no Chile a partir das transformações neoliberais no período de 1980 a 2010

Jimena Carrasco

Resumo


Este estudo se utiliza de uma perspectiva histórica crítica para compreender um novo campo que hoje denominamos no Chile Saúde Mental e Psiquiatria Comunitária. São abordados os aspectos mais relevantes que fazem parte do processo de reconfiguração dos sujeitos e das técnicas de intervenção, na saúde e doença mentais, que tiveram lugar no Chile nas últimas décadas: as transformações nas políticas sociais a partir da década de 90, os processos de desinstitucionalização de pacientes psiquiátricos e a emergência da Saúde Mental e Psiquiatria Comunitária como um novo campo de expertise. Conclui-se que este é um campo no qual convergem elementos heterogêneos e contraditórios que, apesar disso, adquirem uma certa coerência ao introduzir elementos próprios de uma lógica de governo neoliberal, que alinha técnicas e espaços de intervenção.

 


Palavras-chave


Saúde Mental; Psiquiatria Comunitária; Chile; Governamentalidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/ayvu.v2i2.22201

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

A Ayvu: Revista de Psicologia tem por objetivo favorecer a produção e a livre circulação de ideias que contribuam para a construção de uma Psicologia concernida com sua diversidade interna, suas múltiplas interfaces, o exame crítico de si e de seu tempo, assim como suas implicações teóricas e éticas. Para tanto, opera em regime de fluxo contínuo, publicando artigos originais e inéditos, traduções, entrevistas e resenhas.

Convidamos todas e todos que compartilham dos nossos objetivos a conhecer nossas publicações, e a contribuir com a produção de novos materiais.

Boas leituras!


Equipe editorial

Ana Cabral Rodrigues, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Augusto Cesar Freire Coelho, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Camilo Barbosa Venturi, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Gustavo Cruz Ferraz, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Thiago Constâncio Ribeiro Pereira, Universidade Federal Fluminense (UFF)