Práticas Políticas e Acontecimento

Andres Granese, Adriana Molas, Javier Rey

Resumo


O presente trabalho busca localizar a conexão entre as políticas sociais de esquerda na América Latina, especialmente no Uruguai dos últimos 10 anos, e a tarefa específica dos técnicos que têm que colocar tais políticas em prática no território, trabalhando autores como Deleuze, Guattari, Foucault e Lazzarato. Inicialmente, demonstra-se como os governos de esquerda, mesmo incentivando políticas sociais, não abandonaram a lógica governamental neoliberal, no sentido foucaultiano, dos governos anteriores. Em seguida, sustenta-se que a prática do operador territorial da política social é uma prática concreta que vai além daquela política e à qual a fissura ou a linha de fuga é inerente. Na terceira parte do trabalho, afirma-se o acontecimento como a possibilidade real de produzir modos novos de vida a partir dessa prática.


Palavras-chave


Políticas Públicas; Acontecimento; Governamentalidade; Uruguai

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/ayvu.v3i2.22218

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Por meio da publicação semestral de artigos inéditos, a AYVU: REVISTA DE PSICOLOGIA tem por objetivo favorecer a produção e a livre circulação de ideias que contribuam para a construção de uma Psicologia concernida com sua diversidade interna, suas múltiplas interfaces, o exame crítico de seu tempo e suas implicações teóricas e éticas.


Convidamos a todos a navegarem no site da revista para acessar as normas de submissão, diretrizes para autores, números publicados, etc.

Sejam bem-vindos!



Equipe editorial

Ana Cabral Rodrigues, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Augusto Cesar Freire Coelho, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Camilo Barbosa Venturi, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Gustavo Cruz Ferraz, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Thiago Constâncio Ribeiro Pereira, Universidade Federal Fluminense (UFF)