"Resta só o Brasil, resta o Brasil só": A primeira proposta de emancipação do ventre escravo, sua recepção e discussão no conselho de estado imperial (1866-1868)

Thomaz Santos Leite

Resumo


Este trabalho objetiva analisar a discussão acerca da liberdade do ventre escravo no âmbito da política na segunda metade do século XIX. Para isso, partiremos do “Trabalho sobre a extincção da escravatura do Brasil”, projeto escrito pelo Conselheiro de Estado Pimenta Bueno a pedido do então Imperador D. Pedro II, colocando em discussão, nos meandros do Conselho de Estado, a ‘questão’ da escravidão e suas ambiguidades. O texto do projeto entra em votação no conselho pleno em meio a eventos como a Guerra de Secessão e a Guerra do Paraguai, gerando contradições e impasses na sua discussão entre personagens da mais alta elite política imperial, o que mostra a complexidade do tema e nos permite enxergar com outros olhos a relação entre escravidão e política no Brasil Imperial. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.