Histórias de pescadores: as transformações em uma comunidade caiçara (Vila Barra do Superagüi/ PR, 1989-2005)

Melissa Anze

Resumo


A região de Superagüi, no litoral norte paranaense, abriga o maior remanescente de Mata Atlântica do Brasil e é um dos maiores complexos em biodiversidade do planeta. Com a finalidade de proteger amostras de seus ecossistemas, em 1989, foi criado o Parque Nacional de Superagüi, uma Unidade de Conservação que limita ou proíbe práticas tradicionais das comunidades ali existentes. A partir dessa situação, procuramos discutir as transformações nos modos de vida das populações caiçaras daquela região. Fazendo uso da metodologia de história oral, pudemos perceber que, a partir da implantação do Parque Nacional, ocorreram mudanças em práticas econômicas, sociais e culturais em função das restrições impostas pelas políticas ambientais do Parque.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.