A favela faltou na foto: a cobertura do desmonte do Santo Antônio pelas lentes do Correio da Manhã

Mauro Amoroso

Resumo


O presente artigo aborda a cobertura do Correio da Manhã sobre o desmonte do Morro de Santo Antônio, no final da década de 50, provocando uma reflexão sobre extinção da favela que lá existiu, uma das mais antigas do Rio de Janeiro. Através da análise do aspecto visual da cobertura, e de sua interação com o elemento escrito (reportagem e legenda), pretende-se contribuir para o entendimento do processo de construção do espaço da favela como categoria social, dentro de uma conjuntura histórica específica, a partir da atuação de um agente de mídia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.