De São Barnabé à Vila Nova de São José D'el Rei: tensões e conflitos étnico-sociais em um aldeamento do Rio de Janeiro sob o Diretório dos Índios (1758-1798)

Luís Rafael Araújo Corrêa

Resumo


A aplicação da política indigenista pombalina na América Portuguesa foi condicionada pelas especificidades locais e pela interação constante com a política indígena, representada principalmente pelas lideranças indígenas. No Rio de Janeiro, os conflitos e as tensões referentes à aplicação das leis do Diretório na aldeia de São Barnabé são evidentes mediante a atuação do índio João Batista da Costa, capitão-mor de São Barnabé, crucial a fim de denotar a participação ativa dos índios na efetivação da política indigenista pombalina e o avanço colonial sobre as aldeias, estimuladas pelos pressupostos assimilacionistas do Diretório.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.