Charles Maurras e o surgimento do integralismo lusitano: teorias e apropriações doutrinárias

Felipe A. Cazetta

Resumo


O Integralismo Lusitano surge em contexto de expansão das ideias contrarrevolucionárias na Europa e diante do esgotamento das formas de governo liberais. Possuindo como projeto político de Estado a Monarquia orgânica, centralizada politicamente mas administrativamente difusa, o Integralismo Lusitano apropria-se de alguns dos pilares centrais da l’Action Française, movimento que possuía como lema a Monarquia orgânica, tradicional e hereditária. Portanto, cabe a este artigo a análise destes dois movimentos, e seus respectivos aparatos teóricos, visando identificar os elementos apropriados pelo movimento português, originários da l’Action Française.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.