A memória intransitiva da fundação da ordem dos frades menores no Século XIII (1210-1228)

Leonardo de Souza Câmara

Resumo


Este artigo pretende problematizar a construção da memória da fundação da Ordem dos Frades Menores (OFM) nos primeiros anos de sua aprovação entre 1210 e 1228. A proposta principal será avaliar os discursos responsáveis por construir e preservar a memória que legitima a fundação da Ordem, sobre a vida de Francisco de Assis. Partindo do princípio de existir indicativos de relações entre os membros frades e clérigos, tentar-se-á enxergar os indícios da construção de uma memória com a intenção de abranger uma coletividade. E, através de uma breve análise da Primeira Vida de Tomás de Celano e o Testamento, foram elaboradas com a finalidade de estabelecer posicionamentos no processo de institucionalização do movimento até sua aprovação como Ordem.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.