Guerra e sangua para uma colônia pacificada: A revolta do bailundo e o Projeto Imperial Português Para o Planalto Central do Ndongo (1902-1904)

Jéssica Evelyn Pereira dos Santos

Resumo


A Revolta do Bailundo (1902-1904), conflito entre grupos heterogêneos de nativos do Planalto Central da região da atual Angola, elites comerciais europeias e crioulas e o governo colonial português, alargou as possibilidades para que as campanhas militares de pacificação ocorressem na região. Através da análise de relatórios de administradores coloniais, relatos de missionários cristãos, de boletins oficiais da Colônia e fontes de imprensa, este trabalho pretende investigar como os desdobramentos do conflito possibilitariam o efetivo avanço colonizador português no Planalto Central angolano.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.