O poder legitimado através do espaço: O Caso da Igreja Saint-Germain-de-Prés e a Realeza Merovíngia

Tomás de Almeida Pessoa

Resumo


O presente trabalho pretende compreender como a construção de igrejas legitimava o poder da dinastia Merovíngia a partir da perspectiva da topografia do poder. Seguindo Jacques Le Goff, o conceito de rei medieval era composto por duas tradições: a tradição cristã do rei segundo a vontade de Deus e a tradição germânica do rei como primeiro entre seus pares. Nesse artigo nos concentraremos na legitimação do poder do rei merovíngio a partir da tradição cristã pelo estudo de caso da Igreja Saint-Germaindes-Prés.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.