A incorporação de elementos da cultura escrita castelhana nas histórias dos códices mexicas dos séculos XVI e início do XVI

Eduardo Henrique Goborets Martins

Resumo


Durante o século XVI, os descendentes das elites indígenas do centro do México se reposicionaram politicamente diante do novo contexto social decorrente da conquista espanhola, o que incluiu, entre tantas ações, a reelaboração de suas histórias. Em suas novas histórias, os descendentes de México-Tenochtitlan mantiveram parte das tradições pictoglíficas préhispânicas e também introduziram textos alfabéticos, nos quais foram incorporados elementos provenientes da cultura escrita castelhana, tais como conceitos, notas preliminares e gêneros. Dessa maneira, procurarei mostrar que esses elementos transformaram a escrita das histórias mexicas e também refletiram mudanças ocorridas na sociedade colonial ao longo de quase um século após a conquista espanhola

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.