A arquivística no Brasil vista pelo olhar do outro, o estrangeiro

Luiz Carlos Lopes

Resumo


Este artigo comenta o ponto de vista de alguns estrangeiros e brasileiros sobre problemas passados e presentes dos arquivos e da arquivística pensada e praticada no Brasil. Examina alguns
textos produzidos nas últimas quatro décadas por Theodor R. Schellemberg, Henri Boullier de Branche, Charles Kecskeméti, Michel Duchein, José Honóno Rodrigues etc. Discute os problemas
brasileiros na formulação de uma política e de uma prática arquivística de amplitude nacional Põe em evidência o problema da alteridade, seus limites e vantagens, no que tange às contribuições possíveis neste domínio.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/contracampo.v0i01.361

Apontamentos

  • Não há apontamentos.