A inserção do Serviço Social no trabalho Cooperativista e na Economia Solidária

Caroline Santos da Rosa, Caroline Goerck

Resumo


O presente artigo problematiza considerações referentes ao processo de transformação no mundo do trabalho. Considera-se que a partir dessas transformações a classe operaria passa buscar alternativas de geração de trabalho e renda, por meio do Cooperativismo no século XVIII e XIX e pela Economia Solidária no final do século XX e início do século XXI enquanto garantia de sobrevivência. Nesse sentido surge uma nova possibilidade de inserção dos profissionais no Serviço Social como mediadores das categorias capital e trabalho por meio do cooperativismo e economia solidária.

Palavras-chave


Cooperativismo; Economia Solidária; Serviço Social.

Texto completo:

GOERCK

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2238-9288

NEPeTS - Núcleo de Estudos e Pesquisas em Teoria Social