EVOLUÇÃO DA TECNOLOGIA DE TELEFONIA MÓVELE ESTUDO E CARACTERIZAÇÃO DE UM SISTEMA MÓVEL 5G DE QUINTA GERAÇÃO

Vitor Luiz Gomes Mota, Roberta Carvalho, Carina Correa, Roberto Brauer Di Renna, Vanessa Magri, Tadeu Ferreira, Pedro Castellanos, Leni Matos

Resumo


O sistema de telefonia  móvel celular veio transformar a forma como nos comunicamos hoje, permitindo a troca de informações, seja por áudio, vídeo ou texto, desde qualquer local mesmo no interior das residências. A telefonia móvel celular tornou-se popular no mundo na década de 1960 e, no Brasil, na década de 90, com o intuito de permitir comunicação em mobilidade, sendo um grande diferencial para a época. Com a popularização do serviço e a evolução dos sistemas e dos transceptores móveis (aparelho celular) as funcionalidades e seviços são cada vez maiores. Inicialmente, apenas era possível realizar chamadas de voz. Hoje em dia, os celulares são uma realidade constante na vida dos usuários e permitem uma infinidade de possibilidades, como acesso à Internet, uso de aplicativos, streaming de vídeos e tantos outros. Nesse contexto, este trabalho realiza o estudo das diversas gerações de telefonia móvel celular, desde a primeira geração (1G), incluindo a segunda geração (2G), terceira geração (3G) e quarta geração (4G). Além disso, a geração que ainda está por vir, a quinta geração (5G), é avaliada neste artigo, através do desenvolvimento de um sistema 5G que utiliza a técnica de multiplexação OFDM (Orthogonal Frequency Division Multiplexing)  por meio da implementação de uma plataforma de transmissão e recepção, que é realizada com as ferramentas computacionais MATLAB e Labview, e um conversor que possui saídas e entradas A/D (Analógico-Digital), D/A (Digital-Analógico), para transmissão e recepção do sinal 5G. São realizados testes experimentais em antenas e em trechos de fibra óptica plástica (POF), para caracterizar um sistema de transmissão 5G indoor e outdoor.

Texto completo:

PDF

Referências


RAPPAPORT, T. S. Wireless Commnications: Principles and Practice. Pearson, Prentice Hall.

A. Sahin, I. Güvenç e H. Arslan. “A Survey on Multicarrier Communications: Prototype Filters, Lattice Strutctures, and Implementation Aspects”, in IEEE Communication Surveys & Tutorials.

E.L. Pinto e C.P. de Alburquerque. “A técnica de transmissão OFDM”, Revista Científica Periódica Telecomunicações, vol. 5, n. 1, Junho 2002.

VORA J LOPA. Evolution of Mobile Generation Technology: 1G to 5G and review of upcoming wireless technology. International Journal of Modern Trends in Engineering and Research (IJMTER), volume 02, 2015.

MAGRI, Vanessa. Notas de aula e apostila do curso de Sistema Móveis. Universidade Federal Fluminense.

J. Wang, G. Li, B. Huang, Q. Miao, J. Fang, P. Li, H. Tan, W. Li, J. Ding, J. Li and Y. Wang. Spectrum Analysis and Rgulations for 5G. 5G Mobile Communications.

Qualcomm, Making 5G NR a reality, white paper, dezembro de 2016. Link: https://www.qualcomm.com/documents/whitepaper-making-5g-nr-reality Acessado em: 17/06/2017.

Choudouri, D. "Challenges for 5G, The Future of Wireless Communications".IEEE Microwave Magazine. Number 5 July/August 2017.

M. Bertrand. Novel receiver and decoding schemes for wireless OFDM systems with cyclic prefix or zero padding, PhD Thesis, Telecom Paris, Paris, France, 2001.

J. Armstrong. “OFDM for Optical Communications”, in Journal of Lightwave Technology, vol. 27, no. 3, pp. 189-204, February 2009.

W. Zhou, G. Villemaud e T. Risset. “Full Duplex Prototype of OFDM on GNYRadio and USRPs”, in Proc 2014 IEEE Radio and Wireless Symposium (RSW), Newport Beach, CA, 2014, pp. 217-219.

BALANIS, A.C. Antenna Theory: Analysis and Design. Wiley Iterscience. Third Edition.

O. Zieman, J. Krauser, P.E. Zamzow e W. Daum. POF Handbook: Optical Short Range Transmission Systems, 2nd edition, Berlin, Germany, 2008.

M. Majó, Design and implementation of and OFDM-based communication system for the GNURadio platform, Master Thesis. Universität Stuttgart, Stuttgart, Germany, 2009.

N.A. Papagrorgiou. Development of RF Front End Prototype Compliant with the 802.11a Standard for Wireless Applications, Master Thesis. Georgia Institute of Technology, Atlanta, United States, 2003.




DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v21i1.27028

Apontamentos

  • Não há apontamentos.