ANALISE DA RELAÇÃO ENTRE O SISTEMA DE TRANSPORTE E A EXCLUSÃO SOCIAL NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

Diana Sacbelo da Costa Pereira da Silva Lemos, Márcio Peixoto de Sequeira Santos, Licínio da Silva Portugal

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo analisar as relações existentes entre o
sistema de transporte e o problema da exclusão social, a partir de um debate sobre esta
relação e de uma abordagem quantitativa dos índices de mobilidade, acessibilidade e de
desenvolvimento urbano, para a cidade do Rio de Janeiro. Sua metodologia utiliza três
indicadores de análise para cada um destes elementos, dentre eles: distribuição de frota,
distância viária e número de estações de transporte de alta capacidade (para medir a
acessibilidade); número de viagens motorizadas, não motorizadas e totais (para caracterizar
a mobilidade); distribuição de renda, IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) e
proporção de favelados, para medir o desenvolvimento urbano. Os resultados da análise,
apesar de evidenciarem que o problema da exclusão social está relacionado com o sistema
de transporte, demonstram que a relação de causa e efeito existente entre os índices de
acessibilidade, de mobilidade e de desenvolvimento não é homogênea, na cidade do Rio de
Janeiro, como é apontado, em diversos trabalhos acadêmicos. Os resultados também não
foram conclusivos, mas constituem em elementos indicativos, para a necessidade de
continuar investigando o tema, a partir de uma visão alternativa, onde os mais pobres
sejam colocados no centro das soluções.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v6i3.143

Apontamentos

  • Não há apontamentos.