POTENCIAIS DE REDUÇÃO DE EMISSÕES DE DIÓXIDO DE CARBONO NO SETOR DE TRANSPORTES: UM ESTUDO DE CASO DA LIGAÇÃO HIDROVIÁRIA RIO-NITERÓI

Fatima Cristina Vaz Pinto, Robson Nogueira dos Santos

Resumo


O dióxido de carbono (CO2) é o principal gás de efeito estufa, sendo a intensificação
de suas emissões pelos transportes, uma das principais responsáveis pela ocorrência de
mudanças climáticas ao planeta, como o fenômeno do aquecimento global. Este artigo
apresenta um estudo de caso em que foram feitas estimativas para a redução de emissões de
CO2 a partir da maior utilização de modalidades de transporte que apresentam maior eficiência
energética, como é o caso da modalidade hidroviária de passageiros. A partir da análise do
sistema hidroviário de passageiros entre os municípios do Rio de Janeiro e de Niterói, foram
desenvolvidos dois cenários alternativos contemplando os potenciais de reduções para tais
emissões. As principais conclusões obtidas neste estudo mostram que existem grandes
potenciais para a redução de CO2 a partir do aumento da demanda de passageiros e da
expansão do sistema hidroviário desta ligação.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v6i3.145

Apontamentos

  • Não há apontamentos.