COMPARANDO A ABRANGÊNCIA DO BALANCED SCORECARD COM OS MODELOS DO TQC E PNQ

Walter Gassenferth, Maria Augusta Soares Machado

Resumo


Este estudo descritivo estatístico, baseado em pesquisa realizada pela Fundação Dom Cabral, apresenta uma comparação da abrangência dos modelos BSC, TQC e PNQ, como ferramentas de controle de desempenho, a partir dos resultados de pesquisa realizada com as 500 maiores empresas privadas que atuam no mercado brasileiro, de acordo com a Revista Exame de Junho de 2000. O estudo também procura identificar as características destes três modelos de avaliação de desempenho empresarial, visando estabelecer uma matriz comparativa que possa servir de base para orientar a seleção de um modelo de controle de desempenho adequado à realidade de cada empresa. Acredita-se que este estudo será relevante para empresas que estejam considerando o Balanced Scorecard apenas como uma ferramenta de suporte ao desenvolvimento e
implementação da estratégia da empresa.
 gt;


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v9i1.182

Apontamentos

  • Não há apontamentos.