DETECÇÃO DE PEQUENOS TEORES DE FASE SIGMA E AVALIAÇÃO DOS SEUS EFEITOS NA RESISTÊNCIA À CORROSÃO DO AÇO INOXIDÁVEL DUPLEX UNS S31803

Sérgio Souto Maior Tavares, Jorge Luiz Guerreiro de Castro, Raissa Rodrigues Alves Côrte, Vanessa Moura de Souza, Juan Manuel Pardal

Resumo


Os aços inoxidáveis duplex são materiais de alta resistência mecânica e alta resistência à corrosão, fatores que justificam a crescente aplicação destes materiais nos setores químico e petroquímico. As boas propriedades dos aços duplex são atribuídas à microestrutura de proporções praticamente iguais de ferrita e austenita, e às adições de elementos de liga como Cr, Mo e N. Entretanto, os processos de fabricação por conformação a quente e soldagem produzem alterações microestruturais importantes no material, que geralmente conduzem a prejuízos na tenacidade e resistência à corrosão. A formação de fase sigma é uma das transformações microestruturais indesejáveis que podem ocorrer durante a fabricação de equipamentos e componentes mecânicos. Neste trabalho foram investigados os efeitos de pequenas
porcentagens de fase sigma na resistência à corrosão do aço inoxidável duplex UNS S31803. São também apresentados resultados sobre a detecção e quantificação de fase sigma por metalografia, medidas de dureza e medidas magnéticas com ferritoscópio.
 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v8i2.194

Apontamentos

  • Não há apontamentos.