ESTUDO CINÉTICO DA REDUÇÃO DE FINOS DE MINÉRIO DE MANGANÊS PELO CARBONO SÓLIDO

José Roberto de Oliveira, Ramiro da Conceição Nascimento, Estéfano Aparecido Vieira, Jorge Alberto Soares Tenório

Resumo


Neste trabalho, o MnO2 contido em finos de minério de manganês é reduzido somente pelo carbono grafite sólido presente em uma escória formada pela adição destes finos em um banho Fe-C-Mn. Para isto, foi elaborado uma mistura com finos de grafite e finos de minério, e esta mistura foi carregada em um banho de Fe-C-Mn com 60% Mn, o que garantiu não ocorresse a redução pelo carbono dissolvido. Os ensaios foram realizados nas temperaturas de 1600°C, 1550°C e 1500°C e foram usados três tamanhos de partículas de grafite a saber: 0,057 mm, 0,162 mm e 0,230 mm. Foi constatado que todo FeO foi reduzido a ferro metálico, e que todo MnO2 foi reduzido a MnO antes de cinco minutos de reação. Em cada caso foi determinada a velocidade da reação de redução do MnO, sendo que as velocidades iniciais encontradas
respectivamente foram de 8,74x10-2 mol/min, 6,30x10-2 mol/min e 5,53x10-2 mol/min. Estes resultados levam a concluir que a velocidade de redução do MnO é inversamente proporcional ao tamanho das partículas de grafite. Foi também determinada a energia de ativação aparente da reação e o valor encontrado foi de 311,3 kJ/mol, que confirma que o controle da reação é feito através da reação de Boudouard (CO2(g) + C(s) = 2CO(g))


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v10i2.215

Apontamentos

  • Não há apontamentos.