AVALIAÇÃO DO TEOR DE FERRO NA FORMAÇÃO DA MACROESTRUTURA E O CONSEQÜENTE EFEITO SOBRE A CONDUTIVIDADE ELÉTRICA DO ALUMÍNIO ELETRO-CONDUTOR

A.E.A. Moreira, M.P. Mercês, P.C. Machado, W.L.R. Santos, J. M. V. Quaresma

Resumo


O objetivo deste estudo é avaliar o efeito de adições de ferro no alumínio eletro condutor [Al-EC], sem refinador de grão, no que diz respeito à formação da macroestrutura, bem como o tamanho dos grãos, e sua influência sobre a Condutividade Elétrica. Para este estudo, inicialmente elaborou-se a liga cuja composição representativa foi Al-0,05%Cu-0,11%Fe e que convencionou-se identificar como Al-EC. Esta liga posteriormente foi modificada com os teores: [0,40; 0,80; 1,10 e 1,60]%. As ligas foram fundidas em um cadinho de carbeto de silício, em um forno do tipo mufla e vazadas em um molde no formato U. Termopares do tipo K foram utilizados para verificar a temperatura de vazamento. Os resultados mostram que o ferro ao controlar o crescimento do grão apresenta um efeito de transição para teores no entorno de 0,8%, apresentando o maior tamanho de grão sem, no entanto, afetar a capacidade mecânica e de conduzir eletricidade.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v10i2.217

Apontamentos

  • Não há apontamentos.