GEOSSINTÉTICOS E PNEUS: ALTERNATIVAS DE ESTABILIZAÇÃO DE TALUDES

Ana Cristina Castro Fontenela Sieira

Resumo


O presente trabalho discute aspectos relacionados a duas diferentes técnicas de estabilização de taludes e obras de terra. A primeira técnica consiste na estabilização de encostas através da construção de muros constituídos de pneus descartados. Para tanto, será apresentado um projeto de pesquisa que culminou na construção do primeiro muro experimental de pneus do Brasil. A determinação dos parâmetros representativos do comportamento de muros de pneus será apresentada, juntamente com os principais aspectos construtivos e o comportamento mecânico do muro, referente à deformabilidade. A segunda técnica consiste na execução de muros reforçados com materiais geossintéticos. Reportam-se, neste trabalho, aspectos relacionados à determinação de parâmetros de resistência na interface solo-reforço e uma experiência prática relacionada à execução de um muro reforçado com geotêxteis para o alteamento de uma barragem de resíduos sólidos. Como principais conclusões, destaca-se o potencial de materiais geossintéticos como elementos de reforço de solo, permitindo a execução de taludes mais íngremes, e a utilização de materiais não convencionais (pneus) na execução de muros de gravidade, associando baixo custo, viabilidade técnica e demanda de resíduos sólidos industriais.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v11i1.227

Apontamentos

  • Não há apontamentos.