MAPEAMENTO COLABORATIVO: UMA ALTERNATIVA PARA A OBTENÇÃO DE MAPAS DIGITAIS PARA APLICAÇÕES EM TRANSPORTES

Renato da Silva Lima, Lívia Alvim Borher, André Carvalho Silveira, Josiane Palma Lima

Resumo


O Brasil, assim como outros países emergentes, enfrenta a carência de dados espaciais disponíveis para o desenvolvimento e uso das geotecnologias em aplicações de transportes. Como alternativa, apresenta-se o mapeamento colaborativo, que a partir de uma metodologia bem definida permite dividir a difícil tarefa de mapear a malha viária brasileira entre voluntários. O objetivo desse trabalho é ilustrar como o mapeamento colaborativo pode ser utilizado para a obtenção de mapas digitais para aplicações em transportes. Todas as fases de desenvolvimento de um mapa municipal de Itajubá-MG foram detalhadas, no âmbito do Projeto Tracksource, maior iniciativa brasileira conhecida de mapeamento colaborativo. Os resultados comprovaram, a partir da conclusão do mapa de Itajubá, que o mapeamento colaborativo é uma opção concreta para obtenção de mapas digitais para aplicações em transportes, especialmente num país como o Brasil, com dimensões continentais e com defasagem na disponibilização pública desse tipo de informação. lt;/span>


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v12i1.240

Apontamentos

  • Não há apontamentos.