PREVISÃO DA TRANSFERÊNCIA DE CARGA EM ESTACAS E SUAS APLICAÇÕES EM DIFERENTES PERFIS GEOTÉ-NICOS

Eliane Maria Lopes Carvalho, Bernadete Ragoni Danziger

Resumo


O trabalho apresenta uma rotina para a previsão da transferência de carga de fundações profundas ao solo suporte. Os autores mostram inicialmente uma série de aplicações do programa elaborado a perfis de solos homogêneos. Numa segunda fase é ilustrada a extensão da rotina a perfis de solos estratificados. Comparações são feitas com os resultados de soluções conhecidas da literatura. A grande vantagem da rotina apresentada é a possibilidade de aplicação ampla, para condições de contorno distintas, contemplando uma grande diversidade de situações passíveis de ocorrerem na prática. O programa está sendo ainda melhorado, objetivando possibilitar a comparação da carga transferida em cada trecho do fuste com o valor da resistência disponível, na ruptura, limitando a transferência de carga a valores compatíveis com a resistência ao cisalhamento das camadas atravessadas pela fundação. Uma aplicação é também apresentada no trabalho, mostrando a influência relevante da posição da fronteira rígida na transferência de carga. A continuidade desta linha de pesquisa é a análise de um banco de dados de provas de carga instrumentadas, cujo objetivo é a retro-análise de parâmetros mais realistas de compressibilidade dos solos, essencial a estimativas mais aproximadas de recalques na prática da engenharia de fundações.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v13i3.293

Apontamentos

  • Não há apontamentos.