ANÁLISE DA SECAGEM DO BAGAÇO DE LARANJA EM CAMADA FINA UTILIZANDO MODELOS SEMI-TEÓRICOS E EMPÍRICOS

Leila Denise Fiorentin, Bruna Tozetto Menon, João Adriano Alves, Sueli Tereza Davantel de Barros, Nehemias Curvelo Pereira, Oswaldo Curtty da Motta Lima, Aparecido Nivaldo Modenes

Resumo


As características do processo de secagem do bagaço de laranja foram estudadas para a faixa de temperatura de 33 até 92°C e velocidade do ar constante. A dependência da difusividade com diferentes temperaturas foi descrita por uma equação do tipo Arrhenius onde se obteve um valor de energia de ativação de 10,699 kH mol-1. O processo de secagem também foi estudado por meio da aplicação de modelos semi empirícos descritos na literatura. Os valores estimados das constantes dos modelos para as diferentes temperaturas mostraram forte dependência com a temperatura inicial. O modelo de Page Modificado apresentou valores superiores dos critérios estatísticos Teste F e R2, portanto, foi considerado o modelo que melhor se ajustou aos dados experimentais para todas as condições de secagem estudadas. Assim, o modelo de Page Modificado pode ser utilizado para tarefas de otimização no processo de secagem de bagaço de laranja.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v14i1.294

Apontamentos

  • Não há apontamentos.