DEGRADAÇÃO DE RESÍDUOS ORGÂNICOS PROVENIENTES DA SUINOCULTURA EMPREGANDO O PROCESSO DE BIOAUMENTAÇÃO

Soraya Moreno Palácio, Laércio Miguel Richter, Dilcemara Cristina Zenatti, Tatiany Aparecida Barbiero Tomimitso, Daniele Alves Nogueira

Resumo


A aplicação de resíduos orgânicos provenientes da suinocultura no solo pode suprir a demanda de nitrogênio nas plantas. Entretanto, aplicações contínuas ou de altas doses, podem causar sérios danos ambientais e para a saúde humana. Desta forma os objetivos deste trabalho foram 1) estudar o efeito da bioaumentação na aceleração da degradação de dejetos de suínos no solo e 2) avaliar a redução da lixiviação de formas nitrogenadas, com ênfase no nitrato. Para tanto, três experimentos foram conduzidos: 1) estudo do efeito da inoculação de bactérias do gênero Bacillus na taxa de respiração em solo adubado com dejeto de suínos; 2) efeito da inoculação na redução da carga poluidora de dejetos de suínos através da avaliação da DQO, nitrogênio orgânico e amônia e 3) efeito da inoculação na lixiviação de formas nitrogenadas (amônia, nitrito e nitrato) em solos adubado com dejeto de suínos. O inoculo utilizado foi uma mistura de três espécies em quantidades iguais, a saber: B. subtilis, B. licheniformis e B. polymyxa. A produção de CO2 não foi aumentada em função da inoculação dos micro-organismo, porém houve uma redução da carga orgânica no segundo experimento, mostrando que a inoculação favoreceu a degradação. A diminuição da lixiviação de nitrato com o acúmulo de amônia, mostrada no terceiro experimento evidencia a reação de desnitrificação, envolvendo a redução do nitrato a amônia via nitrito, em um processo chamado amonificação, que ocorre em conjunto com o processo de metanogênese, o que justifica a degradação sem aumento na produção de CO2.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v14i2.310

Apontamentos

  • Não há apontamentos.