PRODUÇÃO DE ÉSTERES DE ÁCIDOS GRAXOS A PARTIR DO ÓLEO DE CAROÇO DE ALGODÃO EM DUAS ETAPAS REACIONAIS

Camila da Silva, Caroline Portilho Trentini

Resumo


Este trabalho visa estudar a produção de ésteres de ácidos graxos a partir do óleo de caroço de algodão (OCA) em duas etapas reacionais. A esterificação dos ácidos graxos livres (AGL) do óleo de caroço de algodão foi conduzida utilizando catálise ácida homogênea. Nos experimentos avaliou-se o efeito da temperatura, razão molar AGL:álcool e concentração de catalisador, sendo realizadas as reações com etanol e metanol. Os resultados obtidos demonstram maiores conversões nas reações utilizando metanol. Para ambos os alcoóis estudados as variáveis razão molar AGL:álcool e percentual de catalisador apresentam efeito positivo sobre a conversão da reação. A partir do óleo esterificado, avaliou-se a transesterificação metílica do óleo de caroço de algodão utilizando catálise básica homogênea. Nos experimentos avaliou-se o efeito da temperatura, razão molar óleo:metanol e concentração de catalisador, considerando um planejamento experimental 32 com triplicata do ponto central. Os melhores resultados em termos de rendimento em ésteres metílicos (~82 %) foram obtidos na temperatura de 60 ºC, razão molar óleo:metanol de 1:9, 1 % de catalisador e 30 minutos de reação. Com base neste resultado, a cinética reacional foi obtida reportando-se conversões na ordem de 96% do OCA em ésteres metílicos de ácidos graxos em 100 minutos de reação.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v15i3.496

Apontamentos

  • Não há apontamentos.