AVALIAÇÃO DO AVANÇO DA AGRICULTURA INTENSIVA NO CERRADO PIAUIENSE

Claudionor Ribeiro da Silva, Kaíse Barbosa de Souza, Waldison França Furtado

Resumo


A dualidade, produção agrícola e preservação ambiental, é um fato que se mantém presente com o crescimento da população mundial e com a globalização. De um lado, a necessidade de produção de alimentos, do outro, a obrigação em preservar o meio ambiente. Dentre os biomas existentes no Brasil, o Cerrado é o que mais sofreu alteração com esses dois fatores. Desde a década de 70 esse bioma vem sendo explorado intensivamente por práticas de agricultura mecanizada, especialmente no cultivo de grãos. Além das regiões Sul, Sudeste, e Centro Oeste, essa prática agrícola atinge, atualmente, o Nordeste brasileiro. O Estado do Piauí é um dos destaques, ocupando a terceira posição nessa região. Nesse contexto, a presente pesquisa tem por objetivo realizar uma análise temporal (1984-2009) do avanço da agricultura intensiva no Cerrado piauiense, usando imagens de satélites. Os resultados mostraram um aumento de 262,91% da área destinada para fins agrícolas. Este estudo vem corroborar com ações governamentais que tenham como meta o uso racional da terra e dos recursos bióticos florestais, existentes nesse bioma.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v16i3.488

Apontamentos

  • Não há apontamentos.