ANÁLISE DE DECOMPOSIÇÃO DA PROJEÇÃO DE CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA NO BRASIL PARA O SETOR RESIDENCIAL

Fabricio Vieira Andrade, Ricardo Brant Pinheiro

Resumo


Neste trabalho é usada a técnica de decomposição Logarithmic Mean Divisia Index (LMDI) para avaliar as variações de consumo e as projeções do consumo de energia elétrica no setor residencial para o período 2005-2020. Nesta análise, o consumo de energia elétrica foi desagregado em quatro efeitos: Atividade, Estrutura, Posse e Intensidade. Para cada categoria de uso final foram avaliados estes efeitos em períodos distintos e, desta forma, foi possível estimar como cada categoria e seus respectivos equipamentos, a quantidade de consumidores e a posse contribuíram para a variação no consumo de eletricidade no setor residencial. Dentre vários resultados, concluiu-se que o consumo de energia elétrica deverá alcançar 177 TWh em 2020, um aumento de 110% em relação a 2005. Também, percebe-se que grande parcela do aumento do consumo de energia elétrica será devido ao efeito Atividade, que está associada ao aumento do número de domicílios ligados a rede de energia elétrica. No período de 2005-2020, o efeito Atividade deverá ser responsável por quase 57% do aumento de consumo de energia elétrica no setor residencial.

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v16i4.569

Apontamentos

  • Não há apontamentos.