AVALIAÇÃO DO EFEITO DA TEMPERATURA, PH E GRANULOMETRIA DO ADSORVENTE NA ADSORÇÃO DO CORANTE AZUL REATIVO 5G

Pricila Marin, Carlos Eduardo Borba, Aparecido Nivaldo Módenes, Silvia Priscila Dias de Oliveira, Lucas Silva Figueiredo, Nathalia Passaia

Resumo


Neste trabalho foram realizados experimentos para avaliação do efeito do pH da solução (1 – 12), da temperatura do sistema (20, 30, 40 e 50°C) e do diâmetro das partículas de adsorvente (0,01 - 0,12; 0,05 - 0,06; 0,06 - 0,12 cm) na remoção do corante Azul Reativo 5G utilizando o adsorvente comercial DowexTM OptiporeTM SD-2. Os experimentos foram realizados em sistema fechado e batelada colocando-se 50 mL de solução de corante com concentração de 150 mg L-1 em contato com 0,005 g de adsorvente sob agitação constante (120 rpm) por um período de 96 horas. Além disto, foi determinado o ponto de carga zero do adsorvente (pHPCZ) pelo método de titulação potenciométrica. As condições experimentais que apresentaram os melhores resultados em relação à quantidade de corante adsorvido foram: pH da solução igual a 2, temperatura do sistema de 30°C e partículas de adsorvente com diâmetro entre 0,01 e 0,12 cm.  Os valores obtidos para os parâmetros termodinâmicos indicam que o processo é exotérmico, espontâneo e possui afinidade entre adsorvente/adsorvato. O pHPCZ do adsorvente ficou entre 4 e 10. Em todos os testes realizados, o adsorvente Dowex™ Optipore™ SD-2 apresentou alta capacidade de adsorção do corante Azul Reativo 5G (superior a 100 mgg-1) sendo que nas melhores condições, entre as avaliadas, a capacidade de adsorção foi superior a 230 mg g-1.Desta forma, o adsorvente estudado apresenta grande potencial para ser utilizado em sistemas de tratamento de efluentes têxteis.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v17i1.542

Apontamentos

  • Não há apontamentos.