VIABILIDADE ECONÔMICO-FINANCEIRA DE UM PROJETO DE PRODUÇÃO DE ARROZ NA CIDADE DE AGUDO - RS

Paula Donaduzzi Rigo, Patrícia Schrippe, Flaviani Souto Bolzan Medeiros, Andreas Dittmar Weise

Resumo


O arroz é essencial para a nutrição humana, sendo que é fonte de carboidratos e proteínas. O Rio Grande do Sul conta com a maior produção de arroz irrigado do Brasil, dentro deste, a região da Quarta Colônia, região central do Estado, vem apresentando ao longo dos anos uma alta produtividade por hectare. Nesse contexto, o presente estudo objetiva analisar a viabilidade econômico-financeira de se produzir arroz, como pequeno e médio agricultor, na cidade de Agudo - RS. Para este objetivo é indispensável utilizar métodos que compõe o escopo da disciplina de Engenharia econômica: o método de Valor Presente Líquido (VPL) e o Tempo de retorno de investimento descontado (Payback descontado). Metodologicamente, o trabalho foi realizado por meio de um estudo de caso em uma propriedade localizada em Agudo, com acompanhamento da safra 2013/2014, como uma pesquisa quantitativa, do tipo descritiva no que se refere aos objetivos. Dessa maneira, os métodos aplicados resultaram na inviabilidade econômico-financeira de se produzir arroz, sendo que o Payback descontado em 25 anos ainda não apresentou retorno do investimento. Para somar à inviabilidade, o VPL calculado foi de – R$ 892.402,33. Entretanto, a produção de arroz é extremamente importante para todos os setores da sociedade, e com isso, se observam necessárias políticas públicas que garantam que a produção de arroz seja possível e segura

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v17i1.645

Apontamentos

  • Não há apontamentos.