SEMENTES DE MORINGA OLEIFERA NA CLARIFICAÇÃO DE EFLUENTE DE INDÚSTRIA DE INGREDIENTES PARA ALIMENTAÇÃO ANIMAL: COMPARAÇÃO COM O COAGULANTE CONVENCIONAL E ESTUDO DAS CONDIÇÕES OPERACIONAIS

Aniela Pinto Kempka, Luciane Pozzobon

Resumo


A semente de Moringa oleifera caracteriza-se por possuir capacidade coagulante e floculante, sendo, portanto, utilizada na clarificação de água principalmente por comunidades de baixa renda no interior do Brasil, onde é cultivada para esta aplicação. Devido a esta capacidade de clarificação, vários estudos apontam o potencial uso desta semente na etapa primária do tratamento de efluentes industriais constituídos de matéria orgânica. Neste sentido este estudo objetivou comparar o uso de Moringa oleifera e de sulfato de ferro (coagulante convencional) na clarificação do efluente de indústria de ingredientes para alimentação animal. Ainda, utilizando a técnica de planejamento experimental, buscou-se as melhores condições operacionais em termos de agitação e concentração de coagulante. Para a maioria dos experimentos, os percentuais de clarificação obtidos com o uso de sementes de Moringa e de sulfato de ferro não diferiram estatisticamente. As condições operacionais que apresentaram os melhores percentuais de clarificação com uso de Moringa foram a concentração de 138 mg/L de semente triturada e 100 rpm de agitação, chegando-se a 53,20 % de clarificação, seguida da condição de 200 mg/L de semente e 50 rpm, com 48,40%. Avaliando-se um possível incremento no percentual de clarificação, fez-se uma decantação prévia do efluente antes da adição da semente de Moringa, onde verificou-se que a adição direta da semente no efluente não decantado previamente apresentou os  melhores resultados para clarificação e quanto a remoção de DQO, não havendo, portanto, a necessidade de uma decantador primário para retirada do excesso de sólidos, como convencionalmente é utilizado.

(SEEDS OF Moringa oleifera  IN THE CLARIFICATION OF WASTEWATER OF  INDUSTRY OF INGREDIENTS OF ANIMAL FEED: COMPARISON WITH THE CONVENTIONAL COAGULANT AND STUDY OF OPERATING CONDITIONS)


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v17i2.595

Apontamentos

  • Não há apontamentos.