PRODUÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE MEMBRANAS POLIMÉRICAS, USANDO OS ADITIVOS CLORETO DE POTÁSSIO E DE LÍTIO, EM CONDIÇÕES IDÊNTICAS

Flávia Fernanda Mayumi Susuki, Paulo Roberto Paraíso, Eneida Sala Cossich, Akira Ito, Rosângela Bergamasco

Resumo


Neste trabalho, foi investigado a produção de membranas poliméricas porosas assimétricas planas de 8 e 10% Fluoreto de Polivinilideno (PVDF), 1% de Polimetacrilato de Metila (PMMA), 1% de diferentes aditivos (sal KCl ou LiCl) e como solvente, o N-N-Dimetilformamida. Para isso, um sistema automatizado e a técnica de Inversão de Fases foram utilizados para a síntese das membranas e estas foram caracterizadas quanto ao grau de retenção das proteínas globulares BSA e ϒ-Globulina, estimativa do raio médio de poros, fluxo de água de osmose reversa e de soluções de 100 mg/L das respectivas proteínas globulares. Os resultados da respectiva caracterização mostraram que as membranas sintetizadas com LiCl, em relação às sintetizadas com KCl, tiveram maior retenção de proteínas globulares e espessura, raio médio de poros e fluxos de permeado aquoso menores. Assim, é possível averiguar que as membranas de mesma concentração polimérica produzidas com LiCl, nas mesmas condições físicas e operacionais, são mais eficientes.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v18i1.711

Apontamentos

  • Não há apontamentos.