GERENCIAMENTO DE ESTOQUES DE MATÉRIA-PRIMA COM CURTO PRAZO DE OBSOLESCÊNCIA BASEADO NA TEORIA DAS RESTRIÇÕES: ESTUDO DE CASO (INVENTORY MANAGEMENT OF RAW MATERIAL WITH SHORT TERM OBSOLESCENCE BASED ON THE THEORY OF CONSTRAINTS: CASE STUDY)

Gislaine Gabriele Saueressig, Juliane Luchese, Miguel Afonso Sellitto, Andrea Vargas, Mariane Casseres de Souza, Jéssica Mariella Bauer

Resumo


O gerenciamento de Cadeias de Suprimento tem se mostrado cada vez mais importante para as indústrias, devido à necessidade de diferenciação competitiva. Um fator fortemente influenciado pelo relacionamento das empresas de uma cadeia são os níveis de estoque: estes têm um papel deveras importante nos ganhos e na competitividade de qualquer empresa, uma vez que interferem nos gastos, na capacidade de venda e na lucratividade. O objetivo deste trabalho é testar a aplicabilidade dos fundamentos da Teoria das Restrições - TOC, como alternativa para o gerenciamento dos estoques de matérias-primas. O método utilizado foi o estudo de caso aplicado em uma empresa fabricante de móveis estofados pertencente ao setor moveleiro da região da serra gaúcha. Os resultados mostram que alguns fundamentos da TOC são aplicáveis para o caso estudado nos diferentes tipos de materiais utilizados e que podem gerar retorno positivo.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v19i1.794

Apontamentos

  • Não há apontamentos.