AVALIAÇÃO DA POLUIÇÃO SONORA E ZONEAMENTO DE RUÍDO EM ÁREA PILOTO NO MUNICÍPIO DE MANAUS-AM

Júlio César de Alencar Bessa, ALINE MARIA MEIGUINS DE LIMA, João de Athaydes Silva Júnior

Resumo


O mapeamento acústico tem sido utilizado como ferramenta para a avaliação do ruído ambiental. Um grande número de fatores contribuem para o aumento dos níveis de ruído, tais como: crescimento populacional, principalmente nas áreas onde ocorre o aumento da urbanização, com a consolidação do processo de ocupação urbana; atividades associadas à vida urbana; e o aumento do fluxo de transporte rodoviário, ferroviário e aéreo. O presente estudo testou uma proposta de avaliação da poluição sonora decorrente do tráfego de veículos em uma área central do município de Manaus/AM, por meio de medições de ruído e mapeamento sonoro. A coleta de dados foi realizada em 133 pontos, em dois períodos (tarde e noite) e coletadas grandezas acústicas, meteorológicas, de tráfego e geométricas para caracterizar os locais de medição. Como resultado, constatou-se que os níveis de pressão sonora presentes em todos os pontos estavam acima dos estabelecidos pelas normas de conforto e não apresentam diferença significativa entre os períodos avaliados, além de um alto grau de dispersão. Os mapas de ruído permitiram identificar as regiões mais críticas, as fontes e respectivas áreas de influência, além de verificar onde são ultrapassados os limites normativos de pressão sonora.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v19i2.852

Apontamentos

  • Não há apontamentos.