ESTUDO DE VIABILIDADE DE AMPLIAÇÃO E EXPANSÃO DE ATERRO SANITÁRIO NO MUNICÍPIO DE NOVA ESPERANÇA - PARANÁ

Osorio Moreira Couto Junior, Regiane Cristina Ferreira, Rodrigo Franco Siqueira

Resumo


O presente trabalho trata-se de um estudo de viabilidade de ampliação e expansão do aterro sanitário no munícipio de Nova Esperança, visto que o local existente que à Prefeitura Municipal faz a destinação dos resíduos sólidos urbanos encontra-se saturada. O principal objetivo deste projeto é analisar a viabilidade para implantação de uma futura área visando sua capacidade de vida útil de um aterro sanitário conforme o período abordado NBR 13.896/1997, para isto foi estimado o crescimento populacional do município nos próximos 20 anos através regressões lineares e ajuste de linha de tendência. Foi realizada simulação de cálculos por meio das equações matemáticas utilizadas por Camilo e Silva (2011) para dimensionar a quantidade de valas a serem executadas e a análise da evolução do alcance do projeto em relação à ocupação da área escolhida. Para a escolha da área efetuou-se os critérios através da metodologia de triagem de Lupatini (2002), onde verificou as principais características físicas em relação a distâncias mínimas de corpos hídricos e núcleos habitacionais. Assim sendo o projeto pretende-se auxiliar a Prefeitura Municipal acondicionar um local correto para descarte de resíduos sólidos, apresentando uma quantidade 73 valas a serem executadas com 1350m³ de capacidade útil cada uma e a locação dos suas principais infraestruturas, diminuindo o impacto ambiental da fauna e flora da região, fortalecendo as políticas de gerenciamentos de resíduos nos próximos anos pelo método de tecnologia de baixo custo mais usual atualmente.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v19i3.907

Apontamentos

  • Não há apontamentos.