AVALIAÇÃO DA MODIFICAÇÃO DA LIGA BASE Al–Cu– Fe–Mg POR TEORES DE Ni E Ti QUANTO A CARACTERIZAÇÃO ESTRUTURAL, ELÉTRICA E MECÂNICA, A PARTIR DE LIGAS SOLIDIFICADAS EM MOLDE “U”

Emerson Rodrigues Prazeres, Carlos Alexandre Cavalcanti de Sousa, Renan Gouvea Dias, Mauro Quaresma Lobato, José Maria do Vale Quaresma

Resumo


Em virtude da crescente demanda por energia elétrica torna-se necessária a produção de cabos elétricos cada vez mais eficientes para fins de transmissão e distribuição de energia. Com esta finalidade foi realizado estudo com o objetivo de avaliar a modificação da liga base Al – Cu – Fe – Mg por teores de Ni e Ti. O estudo foi realizado partindo da liga base alumínio de pureza comercial com adição dos teores 0,05% Cu, 0,40% Fe e 0,6% Mg posteriormente modificada com adição de teores de 0,03% Ni e 0,15% Ti. A liga foi obtida por solidificação estática direta em coquilha metálica. Após a obtenção do material como fundido o mesmo passou pelo processo de usinagem para o diâmetro de 18,5 mm e em seguida pelo processo de trabalho a frio até serem obtidos os diâmetros de [4,0; 3,8; 3,0 e 2,7] mm. As ligas foram caracterizadas estrutural, elétrica e mecanicamente através de análise metalográfica, do ensaio de resistividade elétrica e do ensaio de tração e de microdureza, respectivamente. Além disso, as ligas também foram submetidas ao teste de termorresistividade nas temperaturas de [230 e 280]°C. Como resultado do estudo, observou-se que o níquel melhorou as propriedades elétricas e o titânio foi mais eficiente em relação às características mecânicas da liga.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v19i4.921

Apontamentos

  • Não há apontamentos.