ANÁLISE DE TEMPOS E MÉTODOS NO SETOR DE EMBALAGEM EM UMA EMPRESA PRODUTORA DE ERVA-MATE

Mario Fernando Mello, Luiz Alan Pavan

Resumo


A mão-de-obra tradicionalmente é um dos insumos mais onerosos nas linhas de produção. A exigência dos consumidores e a competitividade do mercado exigem das empresas uma melhoria constante em seus processos na busca de melhor produtividade. Esse estudo foi realizado no setor de embalagens de uma empresa produtora de erva-mate localizada no norte do estado do Rio Grande do Sul. Assim, o trabalho teve por objetivo aplicar o método de cronoanálise para o processo de embalagem, a fim de definir um tempo padrão para cada atividade operacional visando uma redistribuição de atividades entre operadores bem como a eliminação de atividades que não agregam valor ao produto. O estudo tem um caráter exploratório descritivo e foi dividido em três etapas: a busca de um referencial teórico; o levantamento e análise de dados na empresa e a demonstração dos resultados. Ficou evidenciada a importância da utilização da metodologia de cronoanálise uma vez que foram conseguidos importantes resultados na melhoria do processo de embalagem. Com a redistribuição de atividades houve diminuição do tempo de execução e aumento da quantidade produzida.

Palavras-chave: Cronoanálise; eliminação de desperdícios; produtividade; tempo padrão


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v19i5.956

Apontamentos

  • Não há apontamentos.