"Concentrações dos metais pesados no sedimento da foz do Rio Imboaçu em constatação aos fatores críticos de degradação de bacias hidrográficas urbanas definidos por dados secundários"

Antonio Cunha Nunes, Fernando Benedicto Mainier, Fernando Neves Pinto, Robson Rosa Branco, Elson Antonio Nascimento

Resumo


A presente pesquisa analisa a relação das concentrações de metais em sedimentos de ambientes estuarinos com os fatores de degradação de bacias hidrográficas urbanas, tendo como estudo de caso o rio Imboaçu, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro. O problema dessa bacia hidrográfica foi estudado considerando duas abordagens fundamentais: a análise laboratorial dos sedimentos presentes na foz do rio e o estudo dos fatores de degradação de bacias hidrográficas urbanas definidos por dados secundários. Os resultados de metais no sedimento indicam que a principal fonte de contribuição desses poluentes para o ambiente é através do esgoto sem tratamento, corroborando com os principais fatores apontados pela análise dos dados secundários.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v19i5.1077

Apontamentos

  • Não há apontamentos.