Tratamento de água de produção de petróleo por processo H2O2/UV visando redução de incrustações em membranas

Carolina Moura Silva, Fabiana Valeria Fonseca, Juacyara Carbonelli Campos, Deborah Regina Bispo Coelho, Silvio Edegar Weschenfelder

Resumo


A água de produção de petróleo é uma mistura complexa de compostos polares e apolares, íons e sólidos suspensos. As legislações para descarte desde efluente tendem a se tornar cada vez mais restritivas, tendo como intuito aumentar a preservação do ecossistema marítimo. Neste cenário, o desenvolvimento de tecnologias mais eficientes para o tratamento de água ganha bastante importância. Dentre os processos que vem sendo investigados para tal aplicação se destaca a tecnologia de separação por membranas, a qual apresenta como principal dificuldade a formação de incrustações nas membranas devido ao acúmulo dos rejeitos em sua superfície. Com isso, faz- se necessário um pré-tratamento da água de produção para diminuir a incrustação durante o processo de filtração. Dado o elevado teor de óleos e graxas e diversos aditivos químicos presentes no efluente, os Processos de Oxidação Avançado (POA) podem ser indicados, visto seu alto poder oxidativo. Este trabalho propõe o uso do peróxido de hidrogênio combinado com radiação UV como pré-tratamento de água de produção. A eficiência do tratamento e redução de incrustação foram avaliadas de forma comparativa pela filtração em membrana de 0,45 µm e cálculo de modified fouling index (MFI) para a água antes e após o processo oxidativo. O uso de viscosificante e seus impactos nos processos de oxidação e filtração também foi investigado.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v20i1.1059

Apontamentos

  • Não há apontamentos.