Análise de estabilidade do processo de wet blue em couros através da aplicação das ferramentas estatísticas

Ederson Santos, Ederson Santos, Diego Augusto de Jesus Pacheco, Fernando Elemar Vicente dos Anjos

Resumo


Este artigo apresenta um estudo de caso aplicado em uma empresa que realiza o processo de wet blue em couros, situada na região metropolitana de Porto Alegre. Neste acaso, aplicam-se as ferramentas de repetitividade e reprodutibilidade (R&R), cartas de controle estatístico de processo e análise dos índices de Cp (capacidade) e Cpk (capabilidade) em um processo com índices de 22% de rejeição e altos índices de reclamações de clientes por falta de conformidade. O sistema de medição demonstrou variação de 25,01%, uma variação crítica que não impedia a aceitação desse sistema. Entretanto, o processo demonstrou-se totalmente fora de controle, com índices de Cp de 0,51 e de Cpk de 0,45. Analisou-se o processo e definiram-se os principais pontos que necessitavam de ajustes para a estabilização do processo e a redução dos mostradores de rejeição.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v20i1.1029

Apontamentos

  • Não há apontamentos.