Melhoria do Processo Produtivo de uma Indústria de Confecções usando a Teoria das Restrições: Um Estudo de Caso

Heráclito Lopes Jaguaribe Pontes, Sérgio Barros de Melo Filho, Marcelo Gomes Fossile, Maycon Douglas Fernandes Lira

Resumo


Atualmente as organizações enfrentam uma grande pressão do mercado para manterem-se lucrativas e conquistar vantagens perante os seus concorrentes. Nesta conjuntura, o estudo aqui apresentado tem por finalidade empregar uma metodologia de gestão da produção conhecida como Teoria das Restrições, que foi utilizada como uma ferramenta capaz de apontar os processos industriais que originam gargalos numa linha de produção específica. A aplicação deste conceito se dá pela aplicação da técnica dos Cinco Passos e o uso da arquitetura do Tambor-Pulmão-Corda, que são duas ferramentas com foco na identificação dos pontos fracos do processo produtivo e indicam como superá-los para alcançar maiores lucros. Foi desenvolvido um estudo de caso numa indústria de confecção de roupas que tem uma de suas filiais na cidade de Fortaleza – CE. O estudo é direcionado para o setor de costura da empresa e tem como resultados o aperfeiçoamento dos níveis de desempenho do processo produtivo, o controle dos gargalos existentes na linha de produção e principalmente o aumento do percentual de entrega de produtos dentro do prazo, que passou de 86,2% para 95,21% ao final do estudo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v20i2.1101

Apontamentos

  • Não há apontamentos.