Análise de repositórios de objetos BIM considerando o nível de desenvolvimento

Claudio Alcides Jacoski, Lissandro Machado Hoffmeister

Resumo


A indústria da construção busca alternativas no apoio à gestão de informações, que possam servir na tomada de decisões, redução de tempo, organização de cronogramas, redução de falhas na interpretação de projetos, principalmente utilizando-se do compartilhamento e integração. Dentro deste contexto, um modelo de construção produzido na metodologia Building Information Modeling (BIM) pode dar suporte a múltiplas possibilidades, como por exemplo a produção automatizada através da utilização dos objetos paramétricos. Os objetos paramétricos em formato - Industry Foundation Classes (IFC), podem conter todas as características do objeto, o que aproxima muito o ambiente virtual do real, aproximando ferramentas de fornecedores de software distintos, permitindo uma perfeita interoperabilidade. Um dos atributos do BIM, é o compartilhamento de informações, onde diversas bibliotecas de objetos paramétricos estão disponíveis pelo mundo. O presente trabalho apresenta uma pesquisa realizada com repositórios BIM e a organização dos objetos levando em conta o nível de desenvolvimento de sua modelagem. O conjunto de repositórios existentes no mundo e a sua operacionalização para utilização de arquivos por projetistas, pode auxiliar o desenvolvimento de pesquisas constituindo-se em uma significativa contribuição para o setor da construção civil nacional.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/engevista.v20i2.1103

Apontamentos

  • Não há apontamentos.