A HETEROGENEIDADE DOS DISCURSOS EM SAÚDE REPRODUTIVA E MEIO AMBIENTE PRESENTES NA MÍDIA IMPRESSA

MARIA ANGÉLICA COSTA, SERGIO NEI DA FONSECA, IVONE EVANGELISTA CABRAL

Resumo


Desde o início da humanidade até a modernidade e pós-modernidade, os fatores
determinantes e condicionantes relacionados às questões ambientais têm causado
impactos sobre a saúde em geral e, em particular, sobre a saúde reprodutiva. Os
objetivos foram: a) identificar a presença dos temas saúde reprodutiva e meio ambiente
na mídia impressa – jornais; b) entender as condições de produção circulação e recepção
das reportagens. Utilizou-se a metodologia qualitativa, com as figuras metodológicas
que constituem o Discurso do Sujeito Coletivo. Selecionou-se 30 reportagens no
período de janeiro de 2007 a abril de 2008. Conclui-se que o DSC, proporcionou maior
aproximação com os múltiplos discursos sobre saúde reprodutiva e meio ambiente. Esta
análise foi rica, do ponto de vista do material analisado e, complexa do ponto de vista
das relações de poder, da hegemonia e da ideologia presentes nos discursos.
Palavras-chaves: Discurso, Saúde reprodutiva, Meio ambiente.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2008.v1i2.a21033

Apontamentos

  • Não há apontamentos.