OS SENTIDOS DE “CONFLITO AMBIENTAL” NA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UMA ANÁLISE DOS PERIÓDICOS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

ANGÉLICA COSENZA, ISABEL MARTINS

Resumo


Neste estudo, apresentamos um levantamento quantitativo, seguido de uma discussão qualitativa acerca dos diferentes sentidos associados à temática “conflitos ambientais” contidos nas publicações selecionadas de periódicos de pesquisas nacionais, e internacionais do campo da educação ambiental, até o ano de 2011. Nosso objetivo foi o de compreender os sentidos empregados aos conflitos ambientais na produção científica sobre educação ambiental e refletir sobre as contribuições que esta abordagem lança - ou pode lançar - ao campo da educação ambiental. Utilizamos neste estudo, referenciais metodológicos decorrentes dos pressupostos da revisão narrativa e etnográfica de dados.
Os resultados apontam para uma produção ainda incipiente da interface pesquisada nos periódicos analisados. Contudo, referências à justiça e conflito ambientais no âmbito da
EA vêm sendo mobilizadas no sentido de rever concepções e práticas tradicionais de EA postas a serviço da alienação e desigualdade socioambiental.
Palavras-chave: conflito ambiental, educação ambiental, revisão narrativa

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2012.v5i2.a21068

Apontamentos

  • Não há apontamentos.