INTERSECÇÕES ENTRE SAÚDE E AMBIENTE EM ESCOLAS ESTADUAIS DA BAIXADA FLUMINENSE: UMA ANÁLISE INICIAL DAS PRÁTICAS DOCENTES

PATRICIA SACRAMENTO, FELIPE RODRIGUES, FLAVIA ARAUJO, MAYLTA BRANDÃO DOS ANJOS, GISELLE RÔÇAS

Resumo


O trabalho analisa o desenvolvimento dos temas educação, saúde e ambiente no currículo de escolas públicas de ensino médio e suas práticas pedagógicas. O cenário do estudo é composto por quatro escolas estaduais localizadas na Baixada Fluminense no município de Nilópolis. O critério utilizado para escolha dessas escolas foi a média obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). A abordagem da pesquisa é
qualitativa. Os professores dessas escolas participaram de oficinas desenvolvidas no IFRJ, onde foram propostos meios didáticos para o trabalho com saúde e ambiente. As
escolas receberam o apoio didático de livros ligados aos temas, doados pelo IFRJ com apoio da FAPERJ, dispondo assim de outros recursos para desenvolvimento de novas
atividades. Num segundo momento, realizamos visitas às escolas para verificar o desenvolvimento das atividades propostas pela pesquisa. As visitas serviram de base
para as demais etapas da pesquisa. As principais motivações apontadas para a inserção dos temas transversais presentes nos PCN foram: a presença na mídia acerca dessa
temática e a importância de orientação dos alunos. Entretanto, mesmo com a doação dos livros escolhidos pelas escolas e professores, até o momento, em apenas uma das
instituições foi desenvolvido novos trabalhos associando os temas saúde e ambiente a partir do uso dos livros.
Palavras-chave: ensino médio; práticas docentes; saúde e ambiente

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2010.v3i2.a21112

Apontamentos

  • Não há apontamentos.