CONHECIMENTO SOBRE O CARAMUJO GIGANTE AFRICANO (ACHATINA FULICA, LINNAEUS, 1758) ENTRE ESTUDANTES DE UMA ESCOLA PÚBLICA NO MUNICÍPIO DE BLUMENAU SC

SUELEN CRISTINA GROTT

Resumo


Achatina fulica Bowdich, 1822, espécie de molusco tropical africano, foi introduzida no Brasil em 1988 para substituir o caramujo europeu Helix sp. – o escargot. Contudo, seu cultivo foi abandonado e o molusco transformou-se numa espécie invasora, já registrada em 24 estados brasileiros. Para avaliar o grau de conhecimento das populações atingidas em regiões circunvizinhas às cidades descritas, sob a óptica da etnociência, foi realizado um estudo com alunos da Escola Básica Municipal Professor Rodolfo Hollenweger, Blumenau-SC. Os dados foram obtidos através de um questionário, contendo dez perguntas fechadas. Observou-se que os estudantes possuem pouco conhecimento sobre a espécie e que desconhecem os métodos de controle, alimentação, doenças transmitidas e os impactos ambientais. Propõe-se que este conhecimento prévio seja levado em consideração na elaboração e execução de estratégias educativas que visem à conservação da natureza e o manejo de espécies exóticas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2014.v7i2.a21187

Apontamentos

  • Não há apontamentos.