ENSINO DE CIÊNCIAS E PROCESSO DE SUBJETIVAÇÃO: A FORMAÇÃO DO CONCEITO CIENTÍFICO NA PSICOLOGIA DE VIGOTSKI

Luiza Rodrigues de Oliveira, Rose Mary Latini, Maria Bernadete Pinto dos Santos, Anderson Rocha, Deborah Bernardes, Raquel Guimarães, Roberto Andrade, Shayla Calil de Barros, Juliane Ferreira Fernandes, Anderson Rocha da Silva, Fátima de Paiva Canesin

Resumo


Este artigo, visando uma forma alternativa para o ensino de ciências, por meio dos quais o aluno não desenvolveria um verbalismo vazio, mas a generalização necessária à formação de conceitos, traz a análise da formação de conceitos científicos, a partir do aporte da psicologia histórico-cultural. A relação  do sujeito  com o mundo é, na concepção vigotskiana,  mediada por dois elementos, os instrumentos e os signos, que  têm, respectivamente, as funções de “regular as ações sobre os objetos” e  sobre o “psiquismo das pessoas”. Este novo sentido dado à subjetividade - processo das formas culturais – afirma o homem historicamente situado. Esta é uma maneira de reapresentar o método da psicologia, pois inventa outro modo de intervenção no real. Para Vigotski, a formação da subjetividade é um processo que se engendra nas tensões das relações concretas, é nas atividades práticas, nas interações que devemos ‘compreender’ o sujeito. Podemos, assim, entender como o método está relacionado à perspectiva de se pensar o conceito de subjetividade na obra de Vigotski, pois é a contradição, a tensão, o drama – como o autor gostava de dizer – entre a singularidade e a cultura que constituem o homem. Ao fazermos um estudo para pensar o entrelaçamento da subjetividade e do método em uma prática social específica – o ensino de ciências e a formação do conceito, é fundamental entendermos a diferença e a relação entre os conceitos científicos e os conceitos cotidianos, a partir do que Vigotski afirma sobre o drama constitutivo do homem – relações entre singularidade e cultura.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2016.v9i3.a21235

Apontamentos

  • Não há apontamentos.