AS SOCIEDADES DE ÁGUA: A EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMUNITÁRIA EM UMA FAVELA DO RIO DE JANEIRO

Júlio Vitor Costa da Silva, Rafael Soares Gonçalves, Celso Sanchez Pereira

Resumo


Este trabalho tem como objetivo analisar a educação ambiental que emerge do processo comunitário de captação e distribuição de água realizada no Morro da formiga, zona norte no Rio de Janeiro, as chamadas sociedades de água. A partir de entrevistas com moradores, observação participante e análise documental este artigo propõe compreender de que maneira os moradores da comunidade se organizam em torno da água produzindo estratégias de educação ambiental de base comunitária em torno do manejo do recurso hídrico.

Palavras-chave: Educação Ambiental de Base Comunitária, Morro da Formiga, Sociedades de água.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2018.v11i3.a21529

Apontamentos

  • Não há apontamentos.