ESTUDANTES DIANTE DA PROBLEMATICA DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS: UMA EXPERIÊNCIA EM UM CURSO TÉCNICO EM MEIO AMBIENTE.

Larissa Tebaldi-Reis, Raquel Moraes Soares, Robson Coutinho-Silva

Resumo


Atualmente, a sociedade vem enfrentando grandes problemas de cunho ambiental, em especial a problemática do lixo. A Educação Ambiental (EA) tem seu papel de relevância na mitigação desses problemas. Neste trabalho se investigou as concepções e posturas de estudantes do Curso Técnico em Meio Ambiente. Através da análise de questionários semiestruturados foi possível diferenciar os alunos quanto à visão “crítica” e “ingênua” da EA, e sua postura de consumo entre “consumistas” e “ponderados”. Observou-se que a 1ª série apresentou um terço de estudantes com visão crítica. Nas 2ª e 3ª séries esse percentual passou a ser de 50%. Quanto à postura de consumo, a 3ª série apresentou o maior percentual de “consumistas” entre as três séries. Assim, verificou-se que a EA como disciplina não foi capaz de modificar hábitos de consumo desses estudantes à longo prazo, levando-nos à reflexão de que novas estratégias precisam ser utilizadas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2019.v12i2.a21543

Apontamentos

  • Não há apontamentos.